Pai, quando as forças forem mínimas, mostre-me que contigo elas podem ser elevadas. Quando tudo for cinza, venha e me ensine a colorir com a Tua alegria. Quando tudo for guerra, que tu possas me ensinar a mergulhar nos Teus rios de paz. Quando o medo vier, ajude-me a mostrá-los com quem ando, o Senhor do senhores, o Rei dos exércitos! E Pai, quando meu chão desmoronar, não quero asas. Eu quero a Tua mão a me sustentar. Sim, Pai, as mãos que sustentam o universo. As mãos que um dia foram pregadas numa cruz.

Manuscrituras, para Deus. (via vivendonaluz)

(Fonte: , via escrit-ora)

Espírito Santo, Tu és tudo que eu preciso. Minha vida não teria o menor sentido, se por um segundo meu coração não fosse Teu abrigo. Eu perderia o ar se por um instante Lhe procurasse em meu ser e não Lhe encontrasse. Seria como remar, remar e naufragar. Seria como uma flor que em plena primavera não desabrochou, seria semelhante a um pássaro sem o direito a liberdade, preso em uma gaiola sem conhecer o verdadeiro significado da felicidade. Seria como sobreviver no vazio profundo da solidão, desnorteada, perdida, sem a mínima direção. Seria eu como um verão que não contemplou o brilho do sol, um inverno sem agasalho, um outono sem frutos, uma primavera sem flor. Uma vida sem cor.

Goreth Maia  (via deus-e-poeta)

(Fonte: aquarelismo, via ev4ngeliz4r)

Muitas vezes, você é a âncora que Deus usa para resgatar alguém. Não desanima não. Como diz Max Lucado “Não há ninguém que Deus não use”. Você vale muito mais que ouro, rubi ou diamantes. Você é escolhido.

Gostava de você, desse seu jeito desajeitado e bobo de ser. Gostava dessa sua ignorância, desse seu sorriso sarcástico, desse seu jeito de arrumar o cabelo. Gostava do jeito que me olhava, que me tocava, e do jeito que me abraçava. Gostava disso e daquilo, gostava de tudo na verdade. Gostava do mundo quando eu estava com você. E agora, agora eu odeio o jeito que você me faz sentir saudades, odeio o seu jeito de ser, odeio essa ignorância que em vez em quando me machuca, odeio esse seu sorriso falso e forçado. Odeio o jeito que me olha, e o jeito que me toca, odeio quando você me abraça. Odeio tudo em você. E eu to amando o mundo desse jeito, sem ser dependente de você.

Eliel Junior  (via ob-cecado)

(Fonte: hellobreasts, via ob-cecado)

Me disseram que você, estava chorando.
E foi então que eu percebi, como lhe quero tanto.

Legião Urbana.  (via cuidei)

(Fonte: effingos, via cuidei)